SoulRock

Música independente brasileira

Jubarte Ataca

15 de setembro de 2015 Bandas /

jubarte
Foto: Divulgação

Jubarte Ataca é surfmusic e violência gratuita. Jubarte Ataca é baixo, bateria, guitarra e reverb. Jubarte Ataca é filme B e junkfood. Jubarte Ataca é circuitos destruídos e parafusos enferrujados. Jubarte Ataca é a mente doentia, vazia e desocupada de Daniel Dantas, Joaquim Dantas e Diego Cirilo.

Há mais de dois anos, quando a banda começou, a proposta era fazer a trilha sonora pra um filme que nunca existiria. Hoje a coisa mudou um pouco de figura, mas todas as músicas ainda carregam certo ar de trilha sonora pra de revista em quadrinhos e literatura vagabunda. Inspirados por Dick Dale, The Shadows, The Ventures, Bambi Molesters, Los Straitjackets, Docteur Legume et Les Surfwerkers, The Beatles, Los Saicos, e mais uma pá de som doidera, os pilantras do trio mossoroense (radicado em Natal) vão destruindo composições ao estilo surf enferrujado/valvulado. Mas não se engane: ninguém da banda surfa, nem ama maresia ou praia. A coisa é mais ouvir disco, ver filme, ler literatura pulp sci-fi e fazer zuada no estúdio, no quarto ou em qualquer lugar que der pra ser.

A banda já tocou em vários botecos, bares e buracos, e participou de alguns festivais de música independente, incluindo a Mostra Nordestina de Música Instrumental Alternativa e o Festival Dosol.

Depois de dois lançamentos lo-fi baixo orçamento, como todo bom filme de horror deve ser - "O bonito, o habilidoso e Joaquim" e "Reverb vs. Fuzz (split com Os Fuzzíveis)" - a banda lançou em 2012 um single, intitulado "Capeta com o cão nos couros", como protótipo sonoro do seu álbum de estréia, lançado agora em 2013, "A invasão das temíveis válvulas termiônicas".

Os lançamentos da banda são sempre esperados por toda a comunidade fonográfico-audiófila e radio amadorística das regiões mais remotas da Rússia (antiga União Soviética).

Ouça a banda:
https://soundcloud.com/jubarteataca

Falamos sobre:

Conteúdo exclusivo:

Sobre o site:

O SOULROCK é um site que tratará a nova música independente brasileira. As conexões com o passado e suas reverberações com o futuro.Vai mostrar também a cena autoral ribeirão-pretana de um jeito jamais retratada.
O caldeirão está aberto.